Minha empresa pode participar de licitações?

Tempo de leitura: 1 minuto

Quem trabalha com vendas sabe como é difícil o esforço diário na conquista de novos clientes, não é mesmo? O que muitas empresas esquecem é que não existem somente clientes no setor privado. Os órgãos públicos fazem parte de uma grande fatia de mercado que, assim como empresas privadas, consomem e necessitam de bons fornecedores. Se você ainda não cogitou essa possibilidade, está na hora de pensar, seriamente, em aumentar suas vendas atendendo órgãos públicos. Este é um mercado grandioso e expressivo de opções de possíveis clientes. Eles estão esperando por você!

Órgãos públicos efetuam suas compras através de licitações. Estes órgãos se utilizam de processos de licitação para fazer aquisições de produtos e serviços de acordo com sua necessidade, buscando a melhor contratação possível, sobretudo, do ponto de vista econômico. No âmbito público, a licitação corresponde a uma oferta dirigida a todos os que se interessem e que se sujeitam as condições prévias.

Desta forma, qualquer pessoa física ou jurídica pode participar de um processo de licitação. A lei de licitações e contratos (8.666/93) prevê as exigências e requisitos mínimos para atender ao objeto licitado. O procedimento destina-se a todos aqueles que atenderem as condições previamente fixadas, em igualdade de condição, sejam eles pessoas físicas ou jurídicas. O interessado precisa somente submeter-se a legislação vigente e estar atento às exigências estabelecidas em edital. 

Participar dos processos de licitação e começar a vender para o governo requer preparação interna. É necessário dedicação, organização, conhecimento do mercado de atuação e atualização constante.

Tem alguma dúvida sobre Licitações? Acompanhe nosso blog e fique por dentro de tudo!


Deixe uma resposta