Por que sua empresa precisa renovar os roupeiros?

Tempo de leitura: 3 minutos

Os roupeiros são parte essencial para empresas, eles permitem que os objetos e roupas dos funcionários fiquem armazenadas de maneira adequada. Mais do que conforto e segurança, ter um local adequado de armazenamento para objetos dos funcionários é uma questão legal.  

Normas legais

Existem leis que garantem a segurança dos funcionários. A lei específica é a norma reguladora NR 24, que constitui regras próprias. Vamos apresentar trechos das principais delas para você:

NR 24.2.1 – Em todos os estabelecimentos industriais e naqueles em que a atividade exija troca de roupas ou seja imposto o uso de uniforme ou guarda-pó, haverá local apropriado para vestiário dotado de armários individuais, observada a separação de sexos. Como não há troca de roupas, aplicável o item 24.2.14 da NR 24, que desobriga a disponibilização de vestiário.

NR 24.2.14 – Nas atividades comerciais, bancárias, securitárias, de escritório e afins, nas quais não haja troca de roupa, não será o vestiário exigido, admitindo-se gavetas, escaninhos ou cabides, onde possam os empregados guardar ou pendurar seus pertences”.

Os armários devem, necessariamente ser individuais. Ou seja, cada funcionário deve ter um espaço. Os armários devem ter portas com ventilação e fechadura para que os funcionários armazenem seus objetos com segurança. Além disso, o tamanho também é determinado:

NR 24.2.12 especifica que os armários de compartimentos duplos devem ter as seguintes dimensões mínimas:

  1. 1,20m (um metro e vinte centímetros) de altura por 0,30m (trinta centímetros) de largura e 0,40m (quarenta centímetros) de profundidade, com separação ou prateleira, de modo que um compartimento, com a altura de 0,80m (oitenta centímetros), se destine a abrigar a roupa de uso comum e o outro compartimento, com altura de 0,40m (quarenta centímetros) a guardar a roupa de trabalho;

ou

b) 0,80m (oitenta centímetros) de altura por 0,50m (cinquenta centímetros) de largura e 0,40m (quarenta centímetros) de profundidade, com divisão no sentido vertical, de forma que os compartimentos, com largura de 0,25m (vinte e cinco centímetros), estabeleçam, rigorosamente, o isolamento das roupas de uso comum e de trabalho.

Caso os pertences ou objetos não estejam armazenados de maneira adequada a empresa pode sofrer punições e multas.

Seguir essas normas é importante. Se roupeiros ou armários não estejam em bom estado é necessário pensar na troca para garantir o cumprimento de leis e também a segurança dos objetos organizados. Além de cumprir a lei os roupeiros ajudam você a manter a organização e o visual da sua empresa. A qualidade do espaço aumenta a satisfação dos funcionários.

Como saber quando é a hora de trocar seus armários

O mais importante é seguir as regras da NR24, caso você identifique que sua empresa não está cumprindo uma das regras estabelecidas, é preciso buscar armários ou roupeiros que se adequem a elas. Vale lembrar que isso pode gerar multas e punições a empresa.

Outro fator é a salubridade. É importante que os roupeiros estejam limpos, com a pintura em dia e sem ferrugem. A fechadura deve funcionar e garantir o fechamento total da porta.

            Busque armários que tenham uma boa vida útil, armários de aço tem durabilidade maior. A pintura também é importante, busque marcas que se preocupam com a pintura, com garantia de maior durabilidade. Outro fator importante é a qualidade do material usado para produção dos roupeiros, afinal, eles devem aguentar o peso dos objetos.

            A segurança é importante, mas você não deve esquecer do design. Busque armários e roupeiros que deixem o ambiente bonito e agradável para todos. Quer saber mais sobre os melhores móveis para sua empresa, continue acompanhando nosso blog.

Deixe uma resposta